Pesquisar Pesquisar.org


+Acessadas Categoria

Mensagens de Amor

Haverá um tempo para nós... espero

Gif da mensagem


Há um céu sobre a Terra e sobre este céu há um sol que, sobre ele ainda há um sol maior, que brilha tão intensamente... que brilha mais e mais e que é capaz e tem poder. Há um brilho que, de tão brilhante nos ofusca a visão tornando-se invisível aos olhos e apenas visível aos puros de coração. Há um brilho que reluz como ouro... como o sol dos sóis... a luz das luzes...o dia sobre todos os dias e todas as noites.

Há um planeta sob o céu e sobre este planeta existem seres criados para fecundarem no ventre da vida a luz da esperança de dias brilhantes e de sonhos constantes.
Há vida, há luz e haverá esperança enquanto existirem os sonhos.
E... enquanto existirem os sonhos, na pureza do meu coração que é quase capaz de enxergar um segundo sol que brilha sobre o sol, existirá a possibilidade de uma realidade única, sem igual, de um amor correspondido, provido de asas velozes doadas por Deus para que a alma possa voar até o céu para lá, buscar aprender mais sobre aquilo que eu mais sei ensinar. O amor solitário, provido de asas, voa, voa e depois adormece nos braços da esperança onde busca se fortalecer para só mais tarde enfrentar a diferença entre o possível e o impossível. Há em mim uma fórmula... fórmula do amor... do amor solitário que, no entanto, considero um amor valente porque mesmo à duras penas nunca diz que esqueceu, apenas diz que no amadurecimento dos anos consegue hoje, falar sem derramar uma lágrima de saudade. Há sim um amor solitário, porém consciente, que nunca se arrepende das coisas que fez e das coisas que errou mas sim das coisas que pode ter deixado de fazer por medo de errar. E, para um coração assim como o meu, o sucesso no amor pode levar até uns dez, quinze, vinte anos ou mais, mas ainda assim sentirei que aconteceu de repente... da noite para o dia porque, quando se sofre amando, mesmo no calvário de longos anos, a espera se faz curta por mais que dure ou que tenha durado...
Há em mim um coração que vibra... que flutua nas águas do lago vermelho da sua própria moradia, em quem eu confio e nunca deixo de ouvir pois é o oráculo que costuma predizer-me o mais importante.
Há em mim um modo de viver que me permite viver como que a desenhar a própria vida sem utilizar borracha onde há medos sim, mas há também paixões, vidas, frutos maduros colhidos no tempo certo e frutos verdes que, pela acidez devem ser deixados para colher mais tarde, ao tempo do Senhor.
Somos seres predispostos a nos apaixonarmos inúmeras vezes e nessas inúmeras, uma converte-se em amor e desse amor podem surgir vários motivos para não amar determinado alguém e um só para amar este mesmo determinado alguém, porém quem ama e tem sede de ser amado não deve jamais procurar entender a fórmula do amor mas sim, viver a vida que vai muito além dos pensamentos. Pelos caminhos da vida e do amor encontramos veredas e estradas longas, ladeadas por flores multicoloridas e rosas que perfumam... perfumam a vida, os amores e as mãos até mesmo daqueles que esmagam-na.
Há um tempo para as flores; há um tempo para os amores; há um tempo para o frio e para o calor.
Há um tempo para a dor e para a alegria e acima de tudo... há um tempo para a felicidade que não consiste apenas num estado mas sim num jeito de ser. Tenho meu jeito de estar sempre na paz da felicidade muito embora o meu maior tormento de amor seja a distância constante; a presença que não vem; a saudade que não vai o abraço que não esquenta e o beijo que não toca.
Mas... como há um tempo para tudo e um SOL que brilha mais sobre o sol que brilha, acredito no tempo que virá ao tempo do Senhor e então teremos muito tempo para viver todo o tempo do mundo.

Autor da mensagem: Maria H. Cruz

Contribuíção: Denise Carreira

Envie a um amigo
Envie a um(a) amigo(a)
Contribua com sua mensagem  Contribua com sua mensagem

Não foi possível ler dados do banco de dados.
Favor tentar mais tarde ou avisar ao administrador


Warning: pg_fetch_array() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/pesquisar/www/cms/db.php on line 209
Luz, Vida e Amor
Autor:   Francisco Campos de Carvalho
Copyright © 2004-2018 - W W W . P E S Q U I S A R . ORG - Todos os direitos reservados.