Pesquisar Pesquisar.org


+Acessadas Categoria

Mensagens de Amizade

A violeta que se tornou rosa

Gif da mensagem


Era uma vez uma violeta que vivia num bosque junto com as suas companheiras.

Certa manhã, ela levantou a cabeça e viu uma rosa que balançava acima dela, radiante e orgulhosa.

Deslumbrada com a imponência, a violeta se olhou e até gemeu, dizendo:

Pouca sorte tenho eu entre as flores! Hmilde é meu destino! Vivo pertinho da terra e não posso levantar a face para o sol como fazem as rosas.

A natureza ouviu, e disse à violeta:

Que aconteceu? As vãs ambições se apoderaram de você?

Suplico, oh mãe poderosa, disse a violeta, me transforme numa rosa, por um dia só que seja.

Você não sabe o que estás pedindo, retrucou a natureza. Ignora o que se esconde de infortúnios atrás das aparentes grandezas.

Quero ser uma rosa esbelta e alta, insistiu a violeta. E tudo o que me acontecer será conseqüência dos meus próprios desejos e aspirações.

A natureza estendeu sua mão mágica, e a violeta tornouse uma rosa suntuosa.

Na tarde daquele dia, o céu escureceuse, e os ventos e a chuva devastaram o bosque. As árvores e as rosas foram abatidas. Somente as humildes violetas escaparam ao massacre.

E uma delas, olhando em volta , gritou:

Hei, vejam o que a tempestade fez das grandes plantas que se levantavam com orgulho.

Nos apegamos a terra, mas escapamos as fúrias dos furacões disse a outra.

Somos pequenas e humildes, mas as tempestades nada podem contra nós disse uma terceira.

Então, a rainha das violetas viu a rosa que tinha sido violeta, estendida no chão como morta. E disse:

Vejam e meditem minhas filhas, sobre a sorte da violeta que as ambições iludiram. Que seu infortúnio lhes sirva de exemplo.

Ouvindo essas palavras , a rosa agonizante estremeceu e, apelando para todas as suas forcas, disse:


Ouçam: ontem, eu era como vocês, humilde e segura. Mas a satisfação que me protegia também me limitava. Podia continuar a viver como vocês apegada á terra até que o inverno me envolvesse em sua neve me levasse para o silêncio eterno sem que soubesse dos segredos e glórias da vida. Vivi uma hora como rainha. Vi o mundo pelos olhos das rosas. Pode alguma de vocês reclamar essa honra?

Morro agora, levando na alma o que nenhuma alma de violeta jamais experimentará. Morro, sabendo o que há atrás dos horizontes estreitos onde nasci. E esse é o alvo da vida.

Autor da mensagem: Desconhecido

Se souberes o autor da mensagem, favor enviar email para:
Contato do Alternativa de Vida

A equipe do www.pesquisar.org agradece.

Contribuíção: Denise Carreira

Envie a um amigo
Envie a um(a) amigo(a)
Contribua com sua mensagem  Contribua com sua mensagem

Não foi possível ler dados do banco de dados.
Favor tentar mais tarde ou avisar ao administrador


Warning: pg_fetch_array() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/pesquisar/www/cms/db.php on line 209
Luz, Vida e Amor
Autor:   Francisco Campos de Carvalho
Copyright © 2004-2018 - W W W . P E S Q U I S A R . ORG - Todos os direitos reservados.